domingo, 11 de setembro de 2011

XI Congreso Internacional Galego-Portugués de Psicopedagoxía



PSICOLOGIA ANALÍTICA E FILOSOFIA DA NATUREZA NA INTERVENÇÃO PSICOEDUCATIVA PARA A ECOLOGIA HUMANA

Aula 1/4 Giancarlo de Aguiar

Para esta comunicação teremos como base a teoria de Carl Gustav Jung, através das categorias das funções psíquicas; o pensar, a sensação-percepção, o sentir e a intuição, correspondentes aos elementos da natureza; ar, terra, água e fogo como metodologia e recursos simbólicos para a integração da personalidade. Esta integração envolve a categoria Das Ich (o eu), no seu estado da psique Bewβte (consciente) para processo de autoconhecimento, que depende do Unbewuβte (inconsciente).

Veremos como ocorre a re-estruturação da personalidade através da utilização de símbolos (imagens e recursos psicoeducativos) do imaginário e também do ambiente, com o intuito de melhorar o desempenho da aprendizagem através do despertar de padrões primordiais, os arquétipos, para o encontro do centro do Ser, Selbst (si-mesmo).

O objectivo será apresentar a teoria e a prática do processo lúdico e onírico que se realiza através de recursos artísticos e de ritos expressivos, em trabalhos desenvolvidos com intervenção psicoeducativa na evidência da motivação para o autoconhecimento, pela busca de aprender a ser e viver seus estados emocionais, assim entramos na problemática filosófica da realização do si-mesmo, Selbstverwirklichung